Mais um dia
Mais chateações
Senhor, a culpa é minha?
Eu confiei nele...
Eu esperei por ele...
E errei novamente
Entretanto, eu não sei parar
Nunca soube.
Eu o amo...
Não como deveria
Não como amores insuperáveis
Apenas amo.
São tantas frustrações
Que já não sei onde por
Agora estou saindo
Tentando curar a dor
Que um velho fim de semana me causou.
Até breve.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog