Foi simples assim
eu olhei pra ele e ele olhou pra mim
Jurávamos que não tínhamos intenção
Mas uma conversa sem fim
Sorrisos, abraços, enfim
Foi simples assim
Eu bem que tentei negar
Era mais forte que eu
E chegou uma hora que não dava mais para apagar
Me peguei mentindo pra mim mesma
Fingia, enganava, tendo a certeza
De que quem eu gostava
Sabia dessa resposta com clareza
Não foi simples assim
Quando eu precisei acabar
Sem saber que rumo toda história ia dar
Ele era bonito, cheiroso, elegante
Mas depois que eu disser adeus
Ninguém sabe o que vem adiante.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog