PS

Eles não entenderiam que tudo que eu tenho é a fotografia
Não suportariam se eu dissesse que sou pura poesia
Mas é tudo que vivo, tudo que me restou.
Quisera eu poder viver com meus escritos
Mas esse é um tipo de sacrifício que não vale a pena viver.
Essa noite eu senti saudade dos amigos meus
Eles sumiram sem ao menos dizer adeus
E nossos corações já não batem no mesmo ritmo
Nossos sorrisos não encontram o incomum
Novo mundo, novas histórias
Responsabilidades que não tinham
Conquistas agora sem glória.
Saudade é o que me preenche
Poesia é o que me suporta
Fotografia é pelo o que eu vivo
Já que todos saíram pela porta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog