Encontrei ele em outro sorriso, em outra história, em outro ser.
E isso tem me atormentado intensamente.
Quero gritar, quero gritar cada vez mais.
Não creio que eu fiz isso.
Pego a cartela do rivotril, e desce dois de cada vez.
Dormir! Adormecer pra não pensar naquilo que me aflige.
A loucura bateu a minha porta, e eu decidi atender
Fui encontra-lo, sorri, gritei e encontrei quem eu menos deveria.
Motivo da minha angústia e arrependimento
Não sei se irei vê-lo novamente
Não nessas condições
Mas eu anseio, intensamente, pelo seu eu.
Hoje, amanha... Em todos meus dias de condenação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog